Descubra neste post como fazer seu próprio Ring Light, ou anel de luz, em apenas alguns passos.

O Ring Light é um ótimo e famoso equipamento para fotografia em estúdio. O conceito é basicamente uma fonte de luz em formato circular, onde a câmera é posicionada no centro deste circulo assim como o assunto.

Geralmente utilizado em close ups nos rostos de pessoas, seja para foto como para vídeo, o ring light proporciona um interessante efeito, em especial no olho do assunto.

Antes de mais nada é bom lembrar vamos mexer com: energia, objetos cortantes e objetos que queimam, então todo cuidado é pouco! Não nos responsabilizamos por possíveis acidentes. Grato a compreensão.

Bom, vamos para a prática!
Inicialmente vou listar os materiais que utilizamos para contruí-lo:

  • Lâmpada circular fluorecente (usamos da marca Osram, 32 watts)
  • Reator para lâmpada fluorecente (marca Ez-tronic 40 watts para 1 lâmpada)
  • Cano de 50mm ~ 60mm com aproximadamente 40cm de comprimento (recomendo o de 60mm, vide item 2, tópico 3)
  • Ferramentas como: cegueta, martelo, fita isolante, ferro de solda, caneta, lâmpada incandescente forte (luminária de 100 watts se não em engano).
  • Base de um tripé de luminária
  • Cabo de energia (fio de aproximadamente 2 metros)
  • Tomada
  • Tiras de borracha

Agora que conhecemos os materiais utilizados, vamos mostrar como foi feito passo-a-passo:

1 – Preparar o cano para receber a lâmpada.

Neste passo inicial, devemos marcar uma das extremidades para que ela seja o nosso suporte para a lâmpada.

IMG_20131118_212357

  • Trace uma reta entre o diâmetro do cano com um marcador.
  • Após isto trace outra reta descendo no cano até dar o tamanho da lâmpada (faça isso dos dois lados).
  • Marque agora um traço perpendicular ao fim da reta que você marcou até um pouco mais da grossura da lâmpada (também nos dois lados)
  • Com a se gueta serre os traços marcados (até agora só verticalmente).
  • Ainda com a cegueta serre o traço horizontal que será o encaixe da nossa lâmpada.

Agora temos que entortar a parte que foi serrada para encaixar a lâmpada, para isso nós utilizamos uma luminária bem forte.

IMG_20131118_212313

– Esquentar o cano (pode ser usado fogo também) para poder modelar.

IMG_20131118_212538

– Com a ajuda de um martelo e uma cegueta fomos modelando até ficar do jeito que queríamos.

IMG_20131118_212602

– Lave com água fria para o molde fixar.

IMG_20131118_212647

– Faça um furo bem no centro do cano para passar o fio, que será nossa fonte de energia.

Pronto, terminamos essa parte!

2 – Preparar a lâmpada para receber energia.

Neste passo é necessário que o cano já esteja pronto, pois vamos passar os fios por dentro do cano e soldar à lâmpada.
Peque o reator e você verá aquele tanto de fio, se você comprou o reator para uma lâmpada, terá 7 fios: 2 vermelhos, 2 azuis, 1 branco, 1 marrom e 1 preto.

IMG_20131118_212837

Os fios azuis e vermelhos são ligados na lâmpada e os fios branco, marrom e preto são destinados a tomada.

IMG_20131118_212919

– Seguindo as instruções do fabricante, isole o fio desnecessário. Como aqui em Goiânia é 220v, isolamos o fio branco, o preto ficou sendo o neutro e o marrom a fase (não tem problema ligar invertido).

– Usando um multi teste, no modo de curto-circuito, veja a pinagem da lâmpada para já soldarmos os fios vermelhos e azuis. A dica é: os pinos que fecharem curto irão receber os fios de mesma cor. Geralmente há um padrão para isso, se você pegar a lâmpada conforme os pinos fiquem apontados para você os dois da esquerda vão os fios azuis e os dois da direitas os fios vermelhos (aqui foi assim, provavelmente aí também será).

– Antes de soldarmos os fios, passe eles e o reator por dentro do cano conforme fosse já encaixar a lâmpada. Nesse processo tivemos que retirar a tampa traseira do reator, caso não queira tirar a tampa do reator, escolha um cano mais largo (60mm).

– Passe também o cabo de energia dentro do buraco que foi feito para que ele também seja soldado.

– Solde os fios, cabos azuis nos pinos da esquerda, cabos vermelhos nos pinos da direita (um em cada pino), não esqueça de isolá-lo com fita isolante separadamente.

IMG_20131118_212747

Lá do outro lado do cano solde o cabo de energia aos fios do reator, preto e marrom (no meu caso 220v), isole-os também e se caso você optou por retirar a tampa traseira do reator não passe fita envolta do circuito, isso acumula umidade. Não há problema sobre que eles são ligados.

IMG_20131118_212800

– Na extremidade do cabo de força solde/encaixe uma tomada para poder ligá-la.

IMG_20131118_220945
– Ligue essa geringonça, para assegurar que tudo está funcionando até o momento, antes de encaixarmos.

3 – Encaixe da lâmpada.

Assumindo que todos os cabos estão devidamente soldados, Para esse processo vamos utilizar bastante fita isolante, vamos aos passos:

IMG_20131118_221212

– Coloque o reator no cano, puxando os fios vermelhos e azuis e o cabo de força até que ele esteja bem encaixado.

– Passe uma fita isolante no cabo de força, situado no meio do cano para firmar o reator.

IMG_20131118_215830

– Encaixa a lâmpada na parte superior do cano e passe bastante fita em volta.

IMG_20131118_221336

– Está quase pronto!

4 – Fixando o anel de luz à uma base.

Nesse processo o ideal é que você tenha disponibilidade de um tipé, e que este varie a altura, para que na utilização seja mais fácil o manuseio.
– Utilizando uma base de um tripé de luminária e tiras de borracha, foi fixado o cano em paralelo à estrutura do tripé.

– Passe fita isolante em volta do tripé junto ao cano até que esteja forma.

IMG_20131118_223056

– Pronto! Você agora tem um anel de luz!

A seguir alguns resultados com ele:

 

 

É isso aí, pessoal! Espero que tenham gostado, caso tenham alguma dúvida, crítica, elogios ou sugestões deixem nos comentários.

Posteriormente farei um vídeo sobre esse processo, então fiquem ligados:

Canal do youtube, clique aqui.

Página do facebook,  clique aqui.

Abraços!!

About The Author

Edilson Borges

Fotógrafo, desenvolvedor, fascinado em tecnologia e produtor de conteúdo pro YouTube, e demais redes, nos canais: Sobre Foto e Dicas do Ed!

Tire sua dúvida!